Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Venda de veículos cai 31,41% com o fim do IPI reduzido

Negócios recuaram em janeiro; Gol caiu para a sétima posição entre os mais vendidos

Por Da Redação 2 fev 2015, 19h25

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus caíram 31,41% em janeiro na comparação com dezembro e 18,81% em relação ao mesmo mês do ano passado, divulgou nesta segunda-feira a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). No primeiro mês de 2015, foram emplacadas 253.807 unidades, ante 370.018 em dezembro e 312.591 em janeiro de 2014.

Considerando somente automóveis e comerciais leves, foram emplacadas 244.904 unidades em janeiro, o que significa recuo de 31,02% na comparação com dezembro e de 18,63% ante o mesmo mês do ano passado. Em janeiro, foram vendidos 185.074 automóveis e 58.830 comerciais leves.

Os emplacamentos de caminhões e ônibus caíram 39,75% em janeiro ante dezembro e 22,97% na comparação com janeiro de 2014. Ao todo, foram licenciados 7.674 caminhões e 2.229 ônibus.

Leia também:

IPI de carros terá aumento em janeiro de 2015

Mercado aposta em PIB praticamente zero para 2015

Continua após a publicidade

Motos e implementos – Somando o emplacamento de motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos, o total em janeiro chegou a 372.986 unidades, queda de 27,23% ante dezembro e de 18,9% em relação a janeiro do ano passado.

IPI reduzido – Segundo o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Junior, o fraco desempenho das vendas se deve, sobretudo, ao fim do IPI reduzido, que terminou em 31 de dezembro. “Houve uma antecipação de compras, em dezembro, por conta do fim do benefício do desconto de IPI, que voltou aos patamares normais a partir do dia primeiro”, disse. A volta da alíquota cheia do IPI foi uma das medidas tomadas pelo governo no intento de aumentar a arrecadação em 2015.

A cobrança integral da alíquota do imposto, que estava reduzido desde maio de 2012, deveria ter um impacto médio de 4,5% nos preços dos automóveis, mas, com os estoques altos, o repasse ao consumidor deve ocorrer só a partir de fevereiro.

Ranking – Após perder para o Palio em 2014 o posto de carro mais vendido do ano depois de 27 anos na liderança, o Gol caiu de primeiro para sétimo lugar no ranking mensal de vendas na passagem de dezembro para janeiro. O Palio voltou a ser carro mais emplacado do mês, seguido pelo Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Fiat Uno, Ford Ka e Volkswagen Fox. Segundo a Volkswagen, a queda do Gol no ranking se deve à falta de oferta do veículo devido às greves que ocorreram entre dezembro e janeiro.

O modelo da Fiat retomou a liderança mensal em janeiro ao emplacar 14.432 unidades, quase 6,5 mil a mais do que os 7.866 modelos do Gol licenciados no primeiro mês deste ano. O Pálio estava no topo do ranking mensal desde julho do ano passado, mas, em dezembro, foi ultrapassado pelo hatch da Volkswagen. Essa ultrapassagem, contudo, não foi suficiente para garantir a liderança anual, e o Gol encerrou 2014 como 2º carro mais vendido, perdendo para o Pálio por uma diferença de 385 unidades.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade