Clique e assine a partir de 9,90/mês

Venda de veículos cai 25% em abril, diz Fenabrave

Após o resultado, a entidade cortou a projeção de venda de carros e comerciais leves para o ano, de queda de 10% para recuo de 18%

Por Da Redação - 5 maio 2015, 11h31

As vendas de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus no Brasil em abril caíram 25,19% em relação ao mesmo mês de 2014, para 219.350 unidades, informou nesta terça-feira a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Na comparação com março deste ano, as vendas de veículos novos no país no mês passado recuaram 6,53%.

Nos quatro primeiros meses do ano, o setor acumula 893.752 unidades vendidas, o que representa uma queda de 19,9% sobre o mesmo período de 2014, quando foram emplacadas 1.105.940 unidades.

Leia mais:

Volkswagen readmite 800 funcionários e greve de 10 dias acaba

Continua após a publicidade

Montadoras demitem 12.400 trabalhadores em 2014

Segmentos- O segmento de pesados foi, em abril, mais uma vez o que apresentou pior desempenho nas vendas. Os emplacamentos de caminhões e ônibus juntos caíram 10,96% ante março e recuaram 42,64% igual mês do ano passado. Com o resultado, ele acumula recuo de 35,44% nos quatro primeiros meses de 2015 na comparação com igual período do ano passado.

As vendas de automóveis e comerciais leves, por sua vez, caíram 6,36% em abril ante março e se retraíram 24,35% ante igual mês de 2014. Com isso, acumulam queda de 18,39% nos quatro primeiros meses de 2015.

Ano – Após a divulgação dos números, a entidade cortou sua projeção para o desempenho do setor este ano. A expectativa para vendas de carros e comerciais leves passou de queda de 10% para recuo de 18%. Já a estimativa para caminhões e ônibus foi piorada, de baixa de 10,12% para queda de 37,21%.

Continua após a publicidade

Participação de mercado – Segundo a Fenabrave, sete das dez maiores marcas que operam no segmento de automóveis e comerciais leves no país perderam participação de mercado na passagem de março para abril. Apenas Ford, Hyundai e Honda registraram avanço no período.

Apesar de ter visto a sua participação de mercado cair de 17,96% para 17,86%, a Fiat segue na liderança das vendas. Em segundo e terceiro lugares estão a General Motors (16,37% para 16,11%) e a Volkswagen (15,44% para 14,72%), respectivamente. Ford (10,46% para 10,99%) e Hyundai (7,87% para 8,05%) aparecem em seguida na quarta e quinta colocação, respectivamente, mesmo tendo alcançado leve avanço na participação.

A Toyota, por sua vez, ultrapassou a Renault e subiu de sétimo para sexto lugar no ranking de vendas, mesmo após ver sua participação de mercado cair de 7,55% para 7,44% na passagem de março para abril. A montadora francesa reduziu sua participação de 7,77% em março para 7,42% em abril. Já a Honda viu sua participação crescer de 5,76% para 6,46%, mas permaneceu em oitavo lugar.

Em nono e décimo no ranking, ficaram a Nissan (2,32% para 2,30%) e Mitsubishi (1,75% para 1,66%), mesmo após ambas perderem participação de mercado em número de unidades vendidas. De acordo com a Fenabrave, outras marcas juntas possuem 7% da participação do mercado brasileiro, maior do que os 6,75% registrados em março.

Continua após a publicidade

(Da redação)

Publicidade