Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Venda de motos cai 16,1% em agosto

Contudo, entre o sétimo e o oitavo mês, as vendas quase dobraram de motocicletas, segundo a Abraciclo

As vendas de motocicletas para as concessionárias caíram 16% em agosto em comparação com o mesmo mês de 2011, informou nesta terça-feira a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Contudo, as vendas do oitavo mês – 170.868 unidades – quase dobraram em relação a julho, quando foram compradas 86.757 unidades. Do total, as motos representaram a maior parte , já que foram comercializadas 178.084 unidades – alta de 134,8% sobre julho, mas queda de 18,2% ante agosto de 2011.

Segundo a entidade, apesar da disparada nas vendas e na produção nos últimos dois meses, o mês de julho foi atípico, por conta das férias coletivas nas montadoras, que impactaram no desempenho do setor. As vendas de julho foram as piores desde dezembro de 2008 e a produção desde janeiro de 2009.

Leia mais:

Agosto tem produção e venda recorde de veículos, diz Anfavea

Fiat lidera ranking de vendas de veículos em agosto

Governo prorroga IPI reduzido de automóveis e linha branca

“A comparação entre agosto de julho deste ano não reflete a realidade do segmento de motocicletas no país. Os números continuam em queda com relação ao ano anterior, seja na análise mês a mês ou no acumulado do ano, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Segundo ele, apesar desse crescimento em produção e vendas internas para as concessionárias, de julho para agosto, as vendas ao consumidor final ainda estão estagnadas”, A restrição ao crédito, que reduz a liberação de financiamentos, segue como o principal inibidor das vendas, segundo Fermanian.

As vendas de motos ao consumidor final somaram 140.620 unidades em agosto, queda de 22,5% sobre as 181.539 unidades de agosto de 2012 e leve alta de 1,6% sobre os 138.472 veículos emplacados em julho deste ano, segundo a Abraciclo. No acumulado de janeiro a agosto, 1.127.622 motocicletas foram emplacadas, queda de 10,5% ante igual período de 2011, quando o total emplacado chegou a 1.259.835 unidades.

(Agência Estado)