Vazamento de óleo é detectado no campo de Roncador

Por Da Redação - 9 abr 2012, 20h56

RIO DE JANEIRO, 9 Abr (Reuters) – A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou nesta segunda-feira que foi detecado vazamento de gotículas de óleo a partir do solo marinho do campo de Roncador, operador pelo Petrobras.

Roncador é vizinho do Campo de Frade, operado pela Chevron, onde ocorreu um vazamento em novembro do ano passado.

Em comunicado, a Chevron Brasil também informou que identificou um novo pequeno escoamento, em 7 de abril. A empresa informou que após ivestigação foi determinado que o ponto estava fora do limite do campo de Frade e que notificou o operador da concessão.

Segundo a ANP, até o momento não há identificação de mancha na superfície do mar.

Publicidade

A agência informou que o ponto do vazamento no Campo de Roncador foi localizado a partir de inspeções submarinas e que está situado a cerca de 500 metos da fronteira com o Campo de Frade.

“Foram coletadas amostras do óleo do Campo de Roncador, com o objetivo de identificar a origem do vazamento. Os resultados devem ser obtidos em até 48 horas”, afirmou a agência, em comunicado.

(Por Juliana Schincariol)

Publicidade