Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Vale lucra R$ 6,2 bilhões após amargar prejuízo no final de 2012

Resultado veio acima das estimativas de analistas, mas caiu 7,6% em comparação com o mesmo período do ano passado

Por Da Redação 24 abr 2013, 19h17

A Vale registrou um lucro líquido de 6,201 bilhões de reais no primeiro trimestre do ano, queda de 7,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. No quarto trimestre de 2012, a maior produtora de minério de ferro do mundo teve prejuízo de 5,63 bilhões de reais, a maior perda trimestral da história da empresa. Pelas normas contábeis norte-americanas (USGAAP), o lucro no primeiro trimestre foi de 3,109 bilhões de dólares. Analistas esperavam um lucro de 2,7 bilhões de dólares, em média, segundo pesquisa da Reuters.

A recuperação em relação ao trimestre passado se deve, segundo a empresa, à redução de custos e despesas. “Os custos operacionais, assim como SG&A (gastos recorrentes) e outras despesas, foram significativamente reduzidos como resultado da implementação de uma série de iniciativas”, disse a Vale, em nota.

Leia também:

Ação da Vale cai em pregão após decisão do STF

Vale suspende projeto de potássio na Argentina

A mineradora registrou lucro operacional de 8,3 bilhões de reais, alta de 36,2% na comparação com o quarto trimestre. Já a receita caiu 12,9% na mesma comparação, para 22,3 bilhões de reais. Segundo a empresa, a queda é explicada pelo menor volume de minério vendido, devido à desaceleração econômica de alguns de seus principais compradores, como a China.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi 14,4% maior, alcançando 10,4 bilhões de reais. Foi o segundo melhor desempenho da companhia em um primeiro trimestre, inferior apenas ao registrado em 2011, quando os preços do minério de ferro atingiram máxima histórica durante a recuperação da recessão global após a crise financeira de 2008.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade