Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Vale é a empresa brasileira mais internacionalizada; confira ranking

Fundação Dom Cabral divulga classificação das empresas com maior número de unidades no exterior. Companhia de minério atua em 31 países

Por Da Redação 28 ago 2013, 21h11

A Fundação Dom Cabral realizou um estudo sobre as empresas brasileiras mais internacionalizadas, utilizando diversas métricas – inclusive um índice próprio de presença no exterior. No topo do ranking das empresas com mais subsidiárias fora do país está a mineradora Vale, com atuação em 31 locais. Em seguida, vieram a construtora Odebrecht e a Stefanini, empresa de tecnologia da informação.

O estudo constatou que cerca de 67% das multinacionais brasileiras querem ampliar a atuação em outros países ainda neste ano, seja por meio da expansão nas regiões onde já atuam ou pela entrada em novos mercados. Para elaborar o levantamento, a Fundação utilizou dados de 2012 fornecidos pelas multinacionais brasileiras.

Leia ainda:

Murilo Ferreira nega que Vale queira comprar a MMX

A pesquisa também indicou que as empresas elevaram seu índice de internacionalização no ano passado para 18%, ante os 17% alcançados em 2011 e os 16% em 2010. A processadora de carnes JBS encabeça o ranking das empresas mais internacionalizadas, a partir de um índice criado pela própria Fundação, que leva em consideração informações como receitas, número de funcionários e ativos fiscais. A companhia apresentou um índice de 58,9%, seguida pela siderúrgica Gerdau, com 54,2%.

Continua após a publicidade

A Fundação também divulgou um ranking com as empresas que mais possuem franquias fora do Brasil. Em primeiro lugar, está a Showcolate, que vende chocolates e o chamado ‘fondue express’, seguida pela locadora de carros Localiza Rent a Car e pela Hering, do setor têxtil.

Leia também:

Empresa ligada à BBom é a segunda maior franquia do Brasil

Abilio dá início às mudanças na BRF – a começar pelo ‘franguinho’

Continua após a publicidade
Publicidade