Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Única no leilão, empresa britânica adquire concessão da Lotex

Governo consegue vender estatal das raspadinhas após três tentativas

O Consórcio Estrela Instantânea, formado pela britânica IGT e pela norte-americana SGI, venceu nesta terça-feira o leilão de concessão da empresa de loterias instantâneas Lotex, ao oferecer pagar lance inicial mínimo de cerca de 97 milhões de reais, já que foi a única concorrente no certame.

Esta foi a terceira tentativa do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de privatizar a empresa que gerencia as raspadinhas. Nos primeiros certames, em julho do ano passado, e em maio deste ano, nenhuma empresa fez proposta.

O consórcio, agora, terá 15 anos para explorar as raspadinhas. O governo espera receber, com a venda, mais de 540 milhões de reais durante o prazo de concessão.

Para conseguir atrair este único comprador, o BNDES fez adaptações no edital. Foram flexibilizadas as regras para habilitação. O potencial comprador precisou comprovar arrecadação no segmento de loterias de 560 milhões de reais nos últimos 12 meses para se habilitar. Antes, o limite mínimo era de 1,2 bilhão de reais, mais do que o dobro.

(Com Reuters)