Clique e assine com até 92% de desconto

União Europeia pode ter novo tratado em dois anos

Por Da Redação 11 set 2011, 20h46

Por AE

Marselha – O ministro de Finanças do Reino Unido, George Osborne, disse que a União Europeia pode ter um novo tratado nos próximos dois anos. “Existe a possibilidade de uma nova mudança no tratado ser proposta”, disse Osborne, paralelamente a uma reunião de ministros do G-7. “Isso ajudaria a integrar ainda mais a zona do euro, fortalecer a integração fiscal”, acrescentou. Ele sugeriu que o Reino Unido apoiaria um novo tratado desde que os interesses do país não fossem ignorados.

A negociação de um novo tratado para a União Europeia ganhou força na última semana depois de o ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, o chefe dos ministros de Finanças da zona do euro, Jean-Claude Juncker, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmarem que seria necessária uma mudança no texto para garantir maior união fiscal no bloco. Na sexta-feira, Merkel disse que o Tratado de Lisboa, em sua forma atual, “não oferece uma base eficaz” para lidar com a atual crise.

O apoio de Osborne a uma nova edição do tratado é importante porque o Partido Conservador do Reino Unido, atualmente no governo, é considerado cético ao projeto europeu e contrário à transferência de poderes para um órgãos supranacionais da União Europeia. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade