Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

UE não fará acordos com Mercosul sem Paraguai

O país foi suspenso do bloco sul-americano após o polêmico processo de impeachment do presidente Fernando Lugo, em 2012

Por Da Redação - 23 fev 2013, 16h27

O embaixador da Alemanha no Paraguai, Claude Robert Ellner, disse em uma entrevista publicada neste sábado pelo jornal local ABC que a União Europeia não vai assinar acordos comerciais com o Mercosul sem a presença dos paraguaios. O país foi suspenso do bloco sul-americano após o polêmico processo de impeachment do presidente Fernando Lugo, em 2012.

Leia também:

Justiça paraguaia rejeita segundo recurso de Lugo

“Para a UE, o Paraguai continua a ser um membro integral do Mercosul”, comentou Ellner na entrevista. “Nós não vamos trabalhar com a exclusão do Paraguai”.

Publicidade

O pensamento é compartilhado pelo embaixador da França no Paraguai, Olivier Poupard, que disse que a UE ainda está interessada em um acordo com o Mercosul, mas tem tido dificuldades com o Brasil e a Argentina. “O Uruguai e o Paraguai são muito favoráveis a um diálogo construtivo nas negociações, e eu quero garantir que, para nós (da UE), o Paraguai é um membro do Mercosul. Não há dúvida”, comentou Poupard.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade