Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Uber limita turno de motoristas em 12 horas nos EUA

Aplicativo contabilizará tempo ao volante e exigirá que eles se desconectem por 6 horas consecutivas após o limite ser atingido

A Uber vai desconectar motoristas que dirigirem por 12 horas seguidas. Eles só poderão usar novamente o sistema após um descanso de 6 horas consecutivas. A nova política do aplicativo de transportes vale para os Estados Unidos.

Segundo a Uber, o aplicativo contabilizará o tempo que o motorista passa dirigindo, até o limite de 12 horas. O sistema fará avisos conforme o tempo máximo se aproximar. O cronômetro não registrará  intervalos entre corridas superiores a um minuto ou se houver desconexão para pausas na jornada.

Uma vez que o limite é atingido, o motorista precisará se manter 6 horas consecutivas offline para que o contador seja gerado e ele possa aceitar novas corridas.

A empresa disse que tomou a medida preventivamente para evitar acidentes relacionados a motoristas cansados. Nos últimos anos houve relatos de motoristas cumprindo turnos extensos no Brasil e nos Estados Unidos. A rotina maior foi uma forma de tentar compensar a queda nos rendimentos, em baixa por causa da entrada de novos motoristas na rede.

A Uber diz que cerca de 60% dos seus motoristas dirigem menos que 10 horas por dia nos Estados Unidos. Procurada por VEJA, a empresa disse que a funcionalidade poderá ser implantada em outros países, mas que, por hora, não há planos para o Brasil.