Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Uber lança sistema de pagamento a partir de créditos no aplicativo

O Uber Cash permite a recarga de créditos em sua própria conta — com ele, é possível pagar a corrida sem usar cartão nem dinheiro vivo

Por Thaís Augusto Atualizado em 25 set 2018, 17h40 - Publicado em 25 set 2018, 15h53

A Uber anunciou nesta terça-feira (25) o lançamento do Uber Cash, um sistema de pagamento que permite a recarga de créditos em sua própria conta. Assim, é possível pagar a corrida diretamente pelos créditos acumulados no aplicativo, sem a necessidade de cartão de crédito ou dinheiro vivo. Funcionará como uma espécie de carteira digital destinada exclusivamente para pagamentos da Uber e Uber Easts.

O recurso será disponibilizado a partir de 1º de outubro. Os usuários poderão comprar os créditos pelo aplicativo ou a partir do cartão pré-pago da Uber, vendido em mais de 280.000 estabelecimentos comerciais.

Os passageiros que escolherem carregar créditos no Uber Cash com cartões de crédito receberão um desconto de 5% em cada corrida. O dinheiro depositado não tem data de validade.

O novo sistema de pagamento funciona no Uber Eats da mesma forma — o usuário carrega créditos e consegue administrar o dinheiro a partir do saldo.

Quando chegou ao Brasil, em 2014, a Uber apenas aceitava pagamento com cartões de crédito, disse o diretor de produtos financeiros da Uber, Rob Daniel. “Mas aprendemos que só um em cada três brasileiros têm conta bancária. Nós mal estávamos servindo 30% da população..

A solução foi habilitar o pagamento em dinheiro dentro da plataforma, mas surgiram outros problemas: motoristas começaram a cancelar as corridas por falta de troco, deixavam o passageiro sem troco ou tinham que realizar desvios na rota para sacar dinheiro.

Continua após a publicidade
  • Uber Lite

    Na onda dos aplicativos light, a Uber anunciou o lançamento da nova versão de sua plataforma: o Uber Lite, que promete poupar memória do celular e economizar a franquia de internet do usuário.

    A nova versão do aplicativo ocupa apenas 5 MB de espaço de armazenamento. “Isso equivalente a três fotos. Você pode baixar o Uber Lite até com a franquia de internet do celular”, afirmou o vice-presidente de produtos da Uber, Manik Gupta.

    Segundo ele, há três tipos de usuários no Brasil. “De um lado, estão as pessoas com celulares premium. Mas outros ainda têm telefones mais antigos, com o teclado acoplado à tela. No meio disso, estão os usuários que usam smartphones mais simples.”

    Com isso, a versão light do aplicativo da Uber foi redesenhada para facilitar seu uso em qualquer aparelho. “Queríamos criar uma plataforma onde usuários não precisavam teclar muito. Foi o que fizemos.”

    A plataforma conta com atalhos na tela inicial para reduzir a necessidade de escrever com o dispositivo móvel, mas ainda têm recursos de segurança: como o compartilhamento do status de viagem com os amigos.

    O aplicativo está disponível para usuários do Android. O Uber Lite chega ao Brasil após experiência na Índia, onde foi lançado em junho deste ano.

    “O que observamos na Índia foi encorajador. Até mesmo pessoas que não usavam o aplicativo estão usando. Esperamos resultado similar no Brasil”, contou Gupta.

    Continua após a publicidade
    Publicidade