Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Uber é processado em R$ 140 milhões após falha ajudar em divórcio

Empresário francês alega que bug no aplicativo fez com que sua esposa desconfiasse da sua fidelidade, segundo o jornal 'Le Figaro'

A empresa de transporte Uber está sendo processada na França em uma ação que pede 45 milhões de euros (140 milhões de reais) feita por um homem que alega que um bug do aplicativo ter contribuído para seu divórcio. Segundo informações o jornal Le Figaro, trata-se de um empresário francês e a ação foi ingressada em Grasse, cidade localizada a 50 quilômetros de Nice, no sul do país.

O homem teria emprestado o iPhone da esposa para solicitar uma viagem através do serviço. Mas mesmo após ele desvincular a sua conta no aparelho, o smartphone continuou mostrando alertas de trajetos futuros. Dessa forma, ela teve acesso a informações como placa do carro, nome do motorista e os horários dos itinerários. Assim, o empresário alega que a esposa começou a ter suspeitas sobre a sua fidelidade.

Uma audiência inicial está marcada para este mês, e um representante do Uber na França disse que a empresa não iria se pronunciar. “O Uber não comenta publicamente casos individuais, sobretudo este que diz respeito a um processo de divórcio entre dois cônjuges”, disse ao Le Figaro.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Angélica Torquato

    O UberX está desqualificando os serviços prestados pela empresa.
    No Distrito Federal se você esquecer algo no carro, PODE ESQUECER. Eles não devolvem.
    Fiquem atentos!.

    Curtir