Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TST manda funcionários dos Correios voltarem ao trabalho

Tribunal definiu aumento de 6,5%, 1,3 ponto porcentual acima do oferecido pela empresa. Aumento é retroativo a 1º de agosto

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) definiu, nesta quinta-feira, em 6,5% o reajuste para os empregados da Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos (ECT) e determinou que os grevistas voltem ao trabalho a partir desta sexta-feira. O aumento é retroativo a 1º de agosto. O índice concedido pelo Tribunal é superior à proposta dos Correios, que oferecia 5,2% de aumento para seus 120.000 empregados.

O aumento de 6,5% também será aplicado a benefícios recebidos pelos funcionários, como vale-refeição, vale-alimentação e auxílio pago no caso de dependentes que necessitem de cuidados especiais.

A demanda inicial dos funcionários era por reajuste de 43,7% – número que, segundo o sindicato, compensaria as perdas com a inflação dos últimos anos.

O tribunal determinou ainda que os dias parados sejam compensados pelos trabalhadores nos próximos seis meses, sem o desconto nos salários. Para o TST, a greve não foi abusiva.

(Com Agência Estado)