Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Trump: China não fez concessões aos EUA para avançar em negociações

Países permanecem em tensões comerciais que afetam mercados de todo o mundo

Por AFP Atualizado em 30 jul 2020, 19h35 - Publicado em 21 nov 2019, 02h23

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmoum nesta quarta-feira 29, que Pequim até agora não fez concessões suficientes nas negociações comerciais bilaterais, e por isso hesita em fechar um acordo.

“Eu posso lhe dizer isso. A China preferia mais fazer um acordo comercial do que eu”, disse a repórteres enquanto visitava uma instalação que produz computadores para a Apple. “Eu não acho que eles estão subindo ao nível que eu quero”.

Wall Street recuou ainda mais de seus máximos históricos nesta quarta-feira, devido ao pessimismo entre os investidores sobre as chances de um acordo acabar com a disputa comercial.

  • Em 11 de outubro, Trump anunciou um acordo de “primeira fase” que resolve importantes queixas americanas sobre práticas comerciais e cambiais chinesas.

    Mais de um mês depois, porém, os dois lados não parecem mais perto de finalizar o texto de qualquer acordo. A China insistiu em uma reversão das tarifas existentes, com a qual Trump disse que não concordou. Autoridades americanas querem grandes compras de exportações agrícolas dos EUA, o que pode ser impraticável para Pequim.

    Continua após a publicidade
    Publicidade