Clique e assine com 88% de desconto

Toyota, Honda e Nissan retomam parte da produção na China

Por Da Redação - 8 out 2012, 10h59

As montadoras Toyota, Honda e Nissan retomarão a produção na China, mas com 50% de sua capacidade em consequência da queda das vendas no mercado chinês, que segue em conflito diplomático com o Japão, informou o jornal econômico nipônico Nikkei.

As três principais montadoras japonesas pretendem reabrir as fábricas chinesas nesta segunda-feira, com retorno dos operários após uma semana de recesso pelo aniversário da fundação da República Popular da China, em 1º de outubro de 1949.

A Nissan pretende interromper o trabalho noturno até nova ordem, enquanto Toyota e Honda planejam reduzir o número de horas trabalhadas. Com um mês neste ritmo, cada empresa deixaria de produzir entre 30.000 e 40.000 veículos, segundo o jornal.

As recentes tensões entre China e Japão a respeito da soberania sobre as ilhas do Mar da China Oriental – motivo de disputa política entre Japão e China – têm um grande impacto na atividade das empresas automotivas nipônica no maior mercado mundial para o automóvel. De acordo com o jornal japonês Yomiuri, as vendas da Toyota na China caíram à metade em setembro na comparação com agosto.

Publicidade

Leia mais:

OCDE prevê maior fragilidade na eurozona e estabilidade na China

Vendas da Toyota na China recuam 40%, após protestos contra Japão

Toyota e Nissan reduzem produção na China

Publicidade

Chineses protestam contra Japão atacando carros das marcas Honda e Toyota

Toyota inaugura fábrica para concorrer entre compactos

(Com Agence France-Presse)

Publicidade