Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Total vende ativos na Colômbia para a Sinochem

Por Da Redação 8 fev 2012, 07h49

Por Álvaro Campos

Paris (AE) – A petroleira francesa Total informou hoje que vendeu ativos na Colômbia para a estatal chinesa Sinochem, como parte de seu plano para focar em exploração no país. O valor da transação não foi revelado. O acordo ainda está sujeito a aprovação das autoridades antitruste.

A Total vai vender a fatia que sua subsidiária Tepma possui no campo de gás natural Cusiana, e também as participações que possui em dois oleodutos colombianos, segundo o comunicado. A fatia no campo de Cusiana representa uma produção de 7 mil barris de petróleo equivalente por dia. A operação do campo será revertida para a estatal colombiana Ecopetrol nos próximos anos.

“A venda desses ativos maduros e posições em infraestruturas de transporte está em linha com nossa atual estratégia de otimização de ativos”, afirmou Olivier de Langavant, vice-presidente sênior para estratégia de desenvolvimento de negócios da divisão de exploração e produção da Total. “Na Colômbia, isso vai nos permitir focar nossa expertise em ativos de exploração com maior potencial”, acrescentou.

A Total afirmou que a venda dos ativos para a Sinochem acontece após a venda de duas fatias de 5% na operadora colombiana de oleodutos Ocensa para a Petrominerales e para a espanhola Cepsa, em julho do ano passado. O valor total das vendas para a Sinochem, Petrominerales e Cepsa é de cerca de US$ 1 bilhão, segundo a petroleira francesa. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade