Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Tombini: inadimplência recua no 2o semestre

Por Da Redação 5 jun 2012, 16h42

BRASÍLIA, 5 Jun (Reuters) – O Banco Central prevê uma redução da inadimplência no país “ao longo do segundo semestre” e que o crédito continue com crescimento moderado, afirmou nesta terça-feira o presidente da autoridade monetária, Alexandre Tombini.

Segundo ele, na segunda metade do ano a economia brasileira vai acelerar.

“A inadimplência vai se reduzir ao longo do segundo semestre. Há uma distensão das condições monetárias que ajuda a reduzir o nível de inadimplência”, disse Tombini durante audiência pública na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização no Congresso Nacional.

A inadimplência no Brasil estava em 5,8 por cento em abril, último dado do BC, muito próximo ao recorde de agosto de 2009.

Tombini voltou a dizer que a economia brasileira acelerará também no segundo semestre. Para ele, a inflação continua convergindo para o centro da meta oficial, de 4,5 por cento ao ano, e espera que o indicador de maio -que será divulgado na quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)- será inferior ao de abril, quando subiu 0,64 por cento.

Continua após a publicidade

“Inflação de serviços inicia processo de recuo”, disse o presidente do BC.

Pesquisa da Reuters mostrou que, pela mediana dos analistas consultados, o IPCA terá alta de 0,42 por cento em maio.

Sobre o cenário internacional, o presidente do BC disse que continua com viés desinflacionário e com perspectivas de baixo crescimento mundial.

Tombini disse ainda que a expansão do crédito no Brasil prosseguirá ao longo dos próximos trimestres, em contexto de menores taxas de juros e spread bancário -diferença entre o custo de captação do banco e a taxa efetivamente cobrada ao consumidor final.

(Reportagem de Tiago Pariz; Texto de Patrícia Duarte)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês