Clique e assine a partir de 9,90/mês

TJLP, atualmente em 5,5%, deve subir ainda este mês

Fazenda tem como objetivo alterar o padrão de financiamento do BNDES e torná-lo menos dependente de injeções de recursos do Tesouro

Por Da Redação - 18 mar 2015, 14h04

A Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), que baliza empréstimos às empresas oferecidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), deve subir ainda este mês. A TJLP está atualmente em 5,5%. Seu último aumento ocorreu em dezembro, ainda sob a equipe econômica antiga, mas atendendo ao desejo do atual ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Levy tem como objetivo alterar o padrão de financiamento do BNDES e torná-lo menos dependente de injeções de recursos do Tesouro, que transferiu quase 420 bilhões de reais entre 2009 e 2014. A elevação da TJLP vai reduzir os gastos do governo com a “equalização de juros”, isto é, o custo para cobrir a diferença entre a TJLP e a Selic, a taxa básica de juros. O governo gasta cerca de 30 bilhões de reais com essa equalização e uma elevação da TJLP a 6% pode reduzir algo como 4 bilhões de reais dos gastos neste ano.

Leia mais:

BNDES quer que bancos assumam empréstimo da Sete Brasil

Continua após a publicidade

Com crédito do BNDES, ampliação do aeroporto de Havana começa este mês

Mesmo assim, o BNDES continuará oferecendo juros reais negativos – pois são menores que a inflação, que está acima de 7%. A distância entre a taxa de juros do BNDES e a Selic também aumentou. Enquanto a TJLP está em 5,5% ao ano, a Selic está em 12,75% ao ano e, segundo aposta o mercado financeiro, continuará subindo.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade