Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tesouro injeta mais R$ 15 bilhões no BNDES

Com a operação, capitalização do banco estatal totaliza R$ 45 bilhões no ano

O Tesouro Nacional emitiu, na última quinta-feira, 15 bilhões de reais em títulos públicos – o que significa expansão do endividamento público – para realizar um novo aporte no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com esta operação, a capitalização da instituição financeira estatal totaliza 45 bilhões de reais neste ano.

A previsão do governo era injetar 55 bilhões de reais no BNDES em 2011, mas a informação, até o momento, é que o valor restante não tem data para sair e deve ficar para o ano que vem.

Os papéis utilizados foram LTN (Letras do Tesouro Nacional) e NTN-F (Notas do Tesouro Nacional, série F), ambos com taxa de juros prefixada, com vencimento em 2014 e 2015 para as Letras e 2012, 2017 e 2021 para as Notas.

Estímulo à economia – O governo pretende voltar a estimular o BNDES como fonte de financiamento do setor privado num momento em que o crédito está ficando mais escasso no mercado internacional devido à crise na zona do euro.

Nesta terça-feira, o BNDES informou que os desembolsos do banco atingiram 104,2 bilhões de reais entre janeiro e outubro de 2011.

O banco informou, por meio de comunicado, que o desembolso até outubro é 26% inferior ao mesmo período de 2010. “O recuo deve-se à alta base de comparação, reflexo da capitalização da Petrobras, de 24,5 bilhões de reais, realizada em setembro de 2010”, segundo o BNDES. Ainda assim, mesmo excluída a operação com a Petrobras os desembolsos ficam 10% inferiores em relação ao mesmo período do ano passado.

(com Reuters)