Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temor antes de cúpula europeia derruba bolsas americanas

Por Chuck Mikolajckzak

NOVA YORK (Reuters) – Os principais índices das bolsas norte-americanas tiveram queda nesta terça-feira, em meio ao temor de que líderes europeus não cheguem a um consenso sobre um plano para encerrar a crise da dívida da zona do euro e à decepção do mercado com previsões de grandes companhias.

O índice Dow Jones, referência da Bolsa de Nova York, recuou 1,74 por cento, para 11.706 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 2,26 por cento, para 2.638 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 teve desvalorização de 2,00 por cento, para 1.229 pontos.

Apesar de a União Europeia e líderes da zona euro manterem a reunião de cúpula para a quarta-feira, os mercados se mostraram assustados com a notícia de que uma reunião de ministros das Finanças da zona do euro foi cancelada.

A notícia alimentou temores de que tais líderes não sejam capazes de apresentar o plano detalhado para acabar com a crise que investidores almejam.

“Houve uma série de declarações diferentes que parecem sugerir que a Europa está em uma situação difícil para chegar a qualquer conclusão real e séria que resolva seus problemas de dívida”, disse Gail Dudack, estrategista-chefe de investimento na Dudack Research Group, em Nova York.

“Isso, por si só, contribuiu com uma grande onda de decepção para o mercado nesse pregão.”

O S&P 500 acumula uma valorização de 9 por cento no mês com o otimismo de que os líderes europeus terão sucesso no combate à crise da dívida na região. Investidores temem o impacto que uma crise fiscal descontrolada na zona euro possa ter sobre a economia global.

Agravando o tom pessimista, a 3M apurou lucros trimestrais abaixo das expectativas do mercado e reduziu sua previsão para 2011. A componente do Dow disse que a crise na Europa está enfraquecendo a demanda do consumidor e golpeando seu lucro, o que fez sua ação recuar 6,25 por cento.