Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer sanciona reajuste de servidores do Judiciário e do MPF

Apenas em 2017, aumentos vão ter impacto de mais de 5 bilhões de reais sobre as contas públicas

O presidente interino Michel Temer sancionou sem vetos os projetos de lei que garantem reajustes para servidores do Judiciário e do Ministério Público Federal (MPF). Apenas em 2017, os reajustes vão gerar impacto de mais de 5 bilhões de reais sobre as contas públicas.

As propostas, aprovadas no fim de junho pelo Senado, determinam reajuste de 41% dividido em oito parcelas aos servidores do Judiciário e de 12% aos funcionários do MPF. Os aumentos serão pagos gradativamente em parcelas até 2019. As duas leis serão publicadas na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial da União.

Leia mais:
Governo corrige cálculo, e impacto de reajuste de servidores passa a R$ 67 bi
‘Não há pacote de bondades’, diz Meirelles

Além do vencimento básico, as medidas preveem aumentos na gratificação judiciária e dos cargos em comissão. À época da aprovação, o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que os reajustes não teriam impacto negativo nas contas do governo.

(Com Agência Brasil)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. sei q censurarão meu comentario anterior… lastimavel.
    que sua consciencia te consuma, censor kkkkk

    Curtir

  2. Gostaria de saber se não está ferindo a CF ao conceder reajuste apenas para CJs e ignorar as FCs? Cabe ação judicial?

    Curtir

  3. Marcelo De Castro Elaine Carvalho

    Trata-se de REPOSICAO salarial parcelada até o ano de 2019, não tivemos aumento por muitos anos, não AUMENTO salarial. Aos que querem ganhar um salário de servidor federal, estudem, persistam, que conseguiram o objetivo…

    Curtir