Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Telefônica inicia operação em telefonia fixa no Nordeste

Por Tiago Décimo

Salvador – O Grupo Telefônica anunciou, hoje, o início das operações da empresa com telefonia fixa no Nordeste. Com o nome de Vivo Fixo, o serviço está sendo oferecido, primeiramente, em Salvador e em 12 municípios da região metropolitana e tem como focos prioritários os clientes das classes C, D e E.

“São públicos que precisam de um número fixo para validar operações de crédito financeiro e que nem sempre têm abastecimento de telefonia fixa nos locais onde moram”, justifica o diretor da Regional Leste da Vivo, Versione Souza.

De acordo com dados da operadora, apenas 30% dos domicílios na Bahia contam com telefonia fixa, abaixo da média nacional, de 37%. Além disso, nos últimos cinco anos, o mercado de telefonia fixa teria retraído 20% no Estado. “Existe um mercado a ser explorado nesse campo”, afirma o diretor territorial da Bahia e de Sergipe da Vivo, Marcelo Tanner. “Acreditamos que a telefonia fixa será nosso principal motor de crescimento no Estado no futuro.”

A operação da telefonia fixa será feita com base na rede de telefonia móvel da Vivo, com restrição de mobilidade dos aparelhos medida por GPS. Apesar disso, é permitida a portabilidade dos números para a mudança de operadora. A assinatura mensal parte de R$ 9,90 e inclui ligações locais gratuitas ilimitadas entre usuários Vivo Fixo. O custo do aparelho, que permite troca de mensagens via SMS, varia entre R$ 29 e R$ 109.

O serviço, lançado anteriormente em Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Vitória, Goiânia, Joinville e no Rio de Janeiro, também pode ser contratado com assinatura mensal de internet banda larga, baseado na rede 3G da operadora, em plano chamado Vivo Box. Nesse caso, as assinaturas partem de R$ 44,80 e o modem, que inclui roteador wifi, tem preços entre R$ 19 e R$ 99.