Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Telefónica deve cumprir meta de lucro por ação com Vivo

A companhia espanhola fará uso dos ganhos contábeis gerados pela compra da operadora brasileira para cumprir seu objetivo

A Telefónica prevê usar ganhos contábeis gerados pela compra da Vivo para cumprir seu objetivo de lucro por ação em 2010, avaliam analistas. A companhia espanhola concluiu na semana passada a compra do 50% que a Portugal Telecom tinha no grupo controlador da Vivo por 7,5 bilhões de euros, mais de três vezes o valor contábil (de 2,32 bilhões de euros) da participação de 50% que já era detida pela companhia espanhola no grupo brasileiro.

“Entrou em vigor este ano uma nova norma contábil que obriga a revisão do valor de um negócio cada vez que uma companhia aumente sua participação neste negócio e a Telefónica aplicará esta regra”, disse um analista da Kepler em Madri. O jornal Expansión informou nesta sexta-feira que, com este sistema, a Telefónica vai gerar mais de 3 bilhões de euros em ganhos contábeis com a Vivo. Representantes da Telefónica não estavam disponíveis para comentar o assunto.

“Caso se confirme essa informação, o lucro por ação aumentará em 0,65 euro, permitindo que a Telefónica cumpra a meta de encerrar 2010 com ganho por ação de 2,10 euros”, disse o analista.

(com Reuters)