Clique e assine a partir de 8,90/mês

Telefónica contrata escritório nos EUA para arbitragem contra a Portugal Telecom

Companhia espanhola alega descumprimento de obrigações de prestar informações ao mercado por parte da operadora portuguesa

Por Da Redação - 21 jul 2010, 09h37

A Telefónica havia dito recentemente que contratou um escritório holandês para o assessoramento legal na possível dissolução da Brasilcel

A Telefónica informou nesta quarta-feira que contratou o escritório de advocacia norte-americano Dewey & Leboeuf para assessorar a companhia na arbitragem contra a Portugal Telecom em torno da disputa para obter o controle da Vivo.

“Um dos aspectos que ressaltaremos na arbitragem é o possível descumprimento por parte dos administradores da Portugal Telecom de suas obrigações de informações ao mercado, ocultando da Telefónica e dos acionistas da Portugal Telecom o efetivo exercício pelo governo português de golden share em casos distintos em relação ao que figura nos estatutos da empresa”, disse um porta-voz da companhia.

A Telefónica havia dito recentemente que contratou um escritório holandês para o assessoramento legal na possível dissolução da Brasilcel, joint venture com a Portugal Telecom que controla a Vivo.

A Telefónica, que lançou uma oferta de 7,15 bilhões de euros para comprar a participação da Portugal Telecom na Vivo, informou na segunda-feira que o prazo da proposta expirou depois que a operadora portuguesa não se decidiu sobre a oferta.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade