Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Telecom Italia descarta venda de ativos no Brasil, dizem fontes

Dissolução da Telco em setembro, que controla 22,4% da empresa italiana, não deve resultar em venda da TIM no país

Por Da Redação 18 jul 2013, 11h27

A Telecom Italia, controladora da TIM, descarta, por enquanto, qualquer plano de venda dos lucrativos ativos brasileiros para evitar problemas antitruste, segundo fontes ouvidas pela agência Reuters. No final deste ano, devido a mudanças societárias, a Telefónica – que se fundiu com a Vivo no Brasil – deve se tornar a maior acionista da empresa italiana.

A holding Telco, que controla 22,4% da Telecom Italia, deve ser dissolvida em setembro, deixando a Telefónica com cerca de 10% da empresa. “Essa opção está fora de questão porque não faria sentido para a Telecom ceder seu único ativo com um histórico de crescimento”, disse uma fonte. “É um cenário. Qualquer coisa pode acontecer, mas eu não acredito que seja provável”, afirmou outra pessoa próxima ao assunto.

Leia também:

TIM fecha parceria com Bradesco para pagamento móvel

Conar acata denúncia da TIM contra Vivo por plágio

Tribunal italiano condena presidente da Pirelli por espionagem

O jornal italiano Il Sole 24 Ore noticiou que as mudanças na Telco poderiam resultar na cessão da TIM Brasil. A Telecom Italia não quis comentar.

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade