Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tecnisa vira e tem prejuízo de R$ 11,3 mi no trimestre

Por Equipe AE

São Paulo – A Tecnisa registrou prejuízo de R$ 11,333 milhões no primeiro trimestre deste ano, revertendo o lucro de R$ 60,827 milhões no mesmo período de 2011, anunciou a companhia na segunda-feira por meio de comunicado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) ajustado atingiu R$ 31,195 milhões de janeiro a março, queda de 71,7% ante os R$ 110,287 milhões apurados em igual intervalo de 2011. A margem Ebitda registrou recuo de 15,3 pontos porcentuais, para 11,2%.

A receita operacional líquida da companhia somou R$ 279,207 milhões no primeiro trimestre, queda de 33% ante janeiro a março do ano passado.

Em abril, a Tecnisa anunciou que as vendas contratadas no primeiro trimestre somaram R$ 253,2 milhões, resultado 53,7% menor em comparação com igual período de 2011. Já a velocidade de vendas, expressa pelo indicador Vendas Sobre Oferta (VSO), foi de 11,6% no trimestre.

Segundo a empresa, o desempenho de vendas de janeiro a março foi afetado pela ausência de lançamentos no período. Para este ano, a companhia pretende lançar R$ 2,2 bilhões em valor geral de vendas (VGV) próprio, volume que pode representar estabilidade em relação ao lançado em 2011.

No primeiro trimestre, a empresa entregou três empreendimentos, totalizando 508 unidades e correspondendo a um VGV Tecnisa de R$ 99,2 milhões. No primeiro trimestre do ano passado, a empresa havia entregue dois empreendimentos, com VGV de R$ 17,0 milhões. A carteira de terrenos da companhia contabilizou um VGV potencial de R$ 8,165 bilhões no período.

A Tecnisa encerrou o primeiro trimestre com R$ 2 bilhões em estoque a valor de mercado, resultado 23% maior em relação ao primeiro trimestre de 2011 e uma queda de 9,9% em relação ao quarto trimestre do ano passado.