Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Taxa de juros do cartão de crédito atinge maior nível em 15 anos

Taxa média do cartão de crédito subiu de 10,9% ao mês em novembro para 11,2% ao mês em dezembro, maior patamar desde julho de 1999

As taxas de juros cobradas de pessoas e empresas voltaram a subir no Brasil em dezembro, com destaque para o cartão de crédito, que bateu o pico em 15 anos, divulgou nesta segunda-feira a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). A taxa média do cartão de crédito subiu de 10,9% ao mês (246,1% ao ano) em novembro para 11,2% ao mês (258,26% ao ano) em dezembro, maior nível desde julho de 1999, quando os juros eram de 11,74% ao mês (278,9% ao ano).

No cheque especial, a taxa avançou de 8,56% para 8,92% ao mês (178,8% ao ano), maior patamar desde setembro de 2003. De acordo com a Anefac, todas as seis linhas pesquisadas apresentaram elevação. A média geral da taxas para pessoa física passou de 6,14% para 6,3% ao mês (108,2% ao ano), maior nível desde março de 2012. No caso de empresas, as três linhas de crédito pesquisadas também subiram. A média geral para pessoa jurídica subiu de 3,49% para 3,54% ao mês (51,8% ao ano), pico desde junho de 2012.

Leia também:

Mercado prevê menos crescimento e mais inflação em 2015

Consumidores buscaram menos crédito em 2014

Economia fraca deve ‘travar’ oferta de crédito em 2015

A Anefac informou que a pesquisa é feita com base nas taxas das 30 principais instituições bancárias do país e do comércio nas sete regiões. Segundo o coordenador da pesquisa e diretor executivo da entidade, Miguel José Ribeiro de Oliveira, com a alta da Selic em dezembro, para 11,75% ao ano, a tendência é que ocorram novas elevações das taxas ao tomador nos próximos meses.

(Com agência Reuters)