Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Superávit comercial da China caiu 14,5% em 2011

Por Da Redação 10 jan 2012, 02h47

Pequim, 10 jan (EFE).- O superávit comercial da China, segunda maior economia do mundo e maior exportador do planeta, caiu 14,5% em 2011, a US$ 155,14 bilhões, segundo os números divulgados nesta terça-feira pela Administração Geral de Alfândegas.

O comércio exterior do país asiático subiu a US$ 3,64 trilhões, um aumento anualizado de 22,5%.

A redução do superávit se deveu a um aumento mais rápido das importações, que cresceram 24,9% em 2011, a US$ 1,74 trilhão, enquanto as exportações subiram 20,3%, a US$ 1,89 trilhão.

A China, que durante as últimas três décadas fez das exportações o principal motor de sua economia, se viu afetada durante a crise financeira global por uma queda da demanda de seus principais parceiros, especialmente os Estados Unidos e a União Europeia.

Devido a isso, o Governo do gigante asiático se propôs a transformar sua economia para que esta dependa mais do consumo interno que das exportações como motor de seu crescimento, embora o processo vá levar alguns anos para se materializar.

Enquanto isso, o país seguirá estimulando suas exportações, e seu Governo já anunciou que em 2012 buscará aumentar suas vendas às nações emergentes, uma vez que a demanda dos países desenvolvidos deverá continuar caindo. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade