Clique e assine a partir de 9,90/mês

Suíça apreende obras de Van Gogh e Monet em escândalo financeiro

Ação ocorreu a pedido dos EUA, que abriram processos solicitando a apreensão de 1 bilhão de dólares em ativos do fundo malaio 1MDB

Por Da redação - 21 Jul 2016, 16h21

Autoridades da Suíça informaram nesta quinta-feira a apreensão de três pinturas valiosas ligadas a uma investigação do fundo estatal malaio 1MDB. A ação foi realizada a pedido dos Estados Unidos.

A porta-voz do Escritório Federal de Justiça suíço disse que as obras confiscadas são La maison de Vincent à Arles, de Van Gogh, e Saint-Georges Majeur e Nymphéas avec Reflets de Hautes Herbes, de Monet. Ela confirmava uma reportagem do jornal Luzerner Zeitung.

Leia mais:
Orelha de Van Gogh foi dada a camareira de bordel

“A operação ainda não terminou, então não iremos comentar sobre a localização das pinturas no momento”, disse.

Na quarta-feira o governo dos EUA abriu processos solicitando a apreensão de 1 bilhão de dólares em ativos comprados com dinheiro que se acredita ter sido roubado do 1MDB.

Continua após a publicidade

(Com Reuters)

Publicidade