Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Standard & Poor’s atribui a pior nota do mundo para Grécia

Diante de uma possibilidade cada vez mais clara de calote, país recebe rating "CCC" para a dívida de longo prazo

A Grécia tornou-se o país com a pior nota de crédito do mundo nesta segunda-feira, após a Standard & Poor’s reduzir a classificação do país em três níveis e considerar um “default” cada vez mais provável.

A reestruturação da dívida da Grécia – quer seja por meio de uma troca de títulos quer pela extensão do prazo dos bônus existentes – parece cada vez mais provável. As alternativas são vistas como uma forma de dividir o impacto da crise no país com o setor privado, avaliou a S&P em comunicado. “Qualquer transação desse tipo seria feita em termos menos favoráveis do que em um refinanciamento da dívida, o que, por sua vez, nós vemos como um ‘default’ de acordo com os critérios publicados da Standard & Poor’s”, escreveu a agência.

Nesse caso, acrescentou, a nota da dívida da Grécia seria reduzida para “selective default”, ou SD, ao passo que a nota dos instrumentos de dívida do país cairiam para “D”. A S&P cortou o rating de longo prazo grego de “B” para “CCC”, apenas quatro níveis acima de uma moratória. O rating de curto prazo foi mantido em “C” e todas as classificações foram removidas da observação. A perspectiva para o rating de longo prazo continua negativa, sinalizando que outro rebaixamento é esperado nos próximos 12 a 18 meses.

(com Reuters)