Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

S&P rebaixa rating de empresas ligadas à Petrobras

Agência reduzir classificação da Queiroz Galvão e da Sete Brasil. Companhias estão envolvidas em denúcias apuradas pela Operação Lava Jato

Por Da Redação 18 dez 2014, 12h11

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s rebaixou as notas em escala global das companhias Queiroz Galvão e Sete Brasil de BB+ para BB, além de reduzir o rating em escala nacional da Sete Brasil e suas debêntures de brAA+ para brAA.

Em comunicado, a S&P afirmou que as decisões refletem a revisão do perfil de crédito individual da Petrobras na terça-feira, de bbb- para bb.

Na avaliação da agência, as investigações de corrupção em andamento estão prejudicando os esforços da Sete Brasil para garantir financiamento a longo prazo, o que pode resultar em atrasos na execução de projetos.

Leia também:

CGU: Petrobras teve prejuízo de US$ 659,4 milhões com Pasadena

Continua após a publicidade

Graça: ‘Eu e diretores precisamos ser investigados’

Mercado ‘paga’ o menor valor pela Petrobras desde 1996

A Querioz Galvão é uma das empresas envolvidas na Operação Lava Jato, com quatro executivos da empreiteira Galvão Engenharia denunciados pela Justiça Federal.

Com participação de 9,7% da Petrobras, a Sete Brail é uma companhia criada especialmente para o o pré-sal. O ex-diretor de Operações da Sete Brasil e ex-gerente de Serviços da Petrobras, Pedro Barusco, fez acordo de delação premiada e é considerado fundamental nas investigações da Operação Lava Jato.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade