Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

SocGen deve cortar 880 vagas em banco de investimentos na França

PARIS, 4 Jan (Reuters) – O Société Generale afirmou nesta quarta-feira que pretende cortar 880 postos de trabalho na unidade francesa de seu banco de investimentos como parte de um “programa de demissão voluntária”, a medida que o banco e seus rivais enfrentam uma crise de liquidez.

As demissões representam cerca de 7,3 por cento da folha de pagamentos do banco de investimentos, que foi forçado a reduzir suas ambições globais com o agravamento da crise na zona do euro.

O anúncio se segue a medidas do banco no fim do mês passado para substituir seu vice-presidente financeiro e o diretor de seu banco de investimentos. As demissões são as últimas em uma série de anúncios de cortes de vagas em bancos franceses, em particular, e em credores ao redor do mundo afetados por agitações no mercado, assim como regras de capital mais duras para bancos.

O Société Generale, um dos bancos europeus mais afetados por uma crise de financiamento de curto-prazo que forçou ele e seus rivais a reduzir dramaticamente sua exposição ao risco, havia feito planos de cortar 700 postos de trabalho em suas operações na Ásia e nos Estados Unidos.

O seu rival doméstico Credit Agricole afirmou no mês passado que estava cortando 2.350 vagas mundialmente em seu banco de investimentos, e o rival de maior porte BNP Paribas afirmou em novembro que demitiria 1.396 pessoas em seu banco corporativo e de investimentos, ou 6,5 por cento da equipe da unidade.

(Reportagem de Christian Plumb)