Clique e assine a partir de 8,90/mês

Site do governo permitirá abertura e fechamento de empresas em 5 dias

Objetivo é reduzir o tempo e os trâmites para os negócios. Processo deve se estender a todas as empresas brasileiras

Por Da Redação - 19 nov 2013, 17h46

A partir do próximo ano, pequenas e microempresas poderão usar um portal do governo para evitar trâmites burocráticos, como abertura e fechamento de firma. O portal será criado pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), que acaba de firmar um contrato de 30 milhões de reais com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE) da Presidência.

Leia também:

Governo desenha plano para estimular crédito às PMEs que exportam

Poucos investidores e muitas regras afastam as PMEs da Bolsa

O acordo foi anunciado durante o décimo quarto Congresso da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo, aberto hoje em Campinas (SP), em cerimônia que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff. O portal, batizado “Empresa Simples”, entrará em operação no segundo semestre de 2014 e terá como principal meta reduzir o tempo e os trâmites para a abertura e o fechamento de empresas no Brasil, que atualmente são embaraçosos e considerados um impedimento para a competitividade brasileira.

Leia ainda: Itaú Unibanco oferece R$5,2 bi em crédito a PMEs

O empresário precisará apenas do CNPJ para registrar uma empresa e receber as respectivas autorizações da Prefeitura e da Junta Comercial, assim como as licenças de funcionamento. O portal também contará com uma praça de negócios para facilitar contatos e transações entre as pequenas empresas assim como um sistema para incentivar o comércio com outros países.

(com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade