Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Sharp avalia uma oferta de ações de R$ 2,35 bi, diz jornal

Segundo o 'Yomiuri Shimbun', os recursos seriam utilizados para fortalecer os negócios de tela de cristal líquido e melhorar sua classificação de crédito

Por Da Redação 1 jan 2013, 08h25

A fabricante de eletrônicos japonesa Sharp avalia a realização de uma oferta pública de ações estimada em mais de 100 bilhões de ienes (2,35 bilhões de reais) no início deste ano, de acordo com o jornal Yomiuri Shimbun. Os recursos seriam utilizados para fortalecer os negócios de tela de cristal líquido e melhorar sua classificação de crédito.

A Sharp iniciou as conversas com seus principais credores e quer incluir o aumento de capital nas negociações sobre um plano de negócios que deve ser anunciado em fevereiro. A empresa informa que, em dezembro, fechou acordo de injeção de 9,9 bilhões de ienes com a fabricante de chips Qualcomm.

Segundo o acordo, as empresas vão desenvolver painéis de LCD com uso eficiente de energia para smartphones, sendo que a norte-americana deve obter inicialmente cerca de 2,64% das ações da Sharp – que já sofreu uma série de rebaixamentos da sua classificação de crédito.

Leia também:

Leia também: Sharp completa 100 anos e tenta superar a crise

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade