Clique e assine com 88% de desconto

Setor privado dos EUA cria 198 mil vagas em fevereiro

Abertura de novos postos de trabalho surpreende analistas e confirma que maior economia do mundo está em recuperação; ontem, a bolsa de valores de Nova York encerrou o dia com valorização histórica

Por Da Redação - 6 mar 2013, 11h35

O setor privado norte-americano criou 198 mil empregos em fevereiro, em base sazonalmente ajustada, segundo o relatório Nacional de emprego da ADP/Macroeconomic Advisers.

O dado superou a expectativa dos economistas consultados pela Dow Jones, que previam 175 mil novas contratações. Os analistas consultados pela Reuters esperavam a criação de 170 mil vagas.

O número é considerado um indicador sobre a tendência do relatório do mercado de trabalho do governo dos EUA (payroll), que engloba também dados do setor público e que será divulgado na sexta-feira.

As folhas de pagamento do privado de janeiro foram revisadas para um aumento de 215 mil, ante 192 mil reportado anteriormente.

Publicidade

Projeção – O presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, previu que a taxa de desemprego ficará em 7,4% este ano, com queda para 7% em 2014.

O crescimento de novos postos ficar em 200 mil vagas por diversos meses. O que os EUA precisam, segundo ele, é um ritmo mais forte de crescimento do emprego e menor volatilidade.

Leia também:

Índice Dow Jones bate recorde histórico e deixa crise para trás

Publicidade

Produtividade nos EUA é a pior em quase dois anos

(Com agência Reuters e Estadão Conteúdo)

Publicidade