Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Setor industrial colombiano apoia críticas brasileiras a dumping fiscal

Bogotá, 27 jan (EFE).- O setor industrial da Colômbia pediu nesta sexta-feira, em Bogotá, que o Governo do presidente Juan Manuel Santos apoie a queixa contra dumping fiscal, praticado por países como a China, que o Brasil apresentou em novembro à Organização Mundial do Comércio (OMC).

A Coalizão para a Promoção da Indústria Colombiana acredita que a medida pode fortalecer o setor produtivo nacional. O Brasil levou a queixa para a OMC para se proteger de importações de produtos industrializados a baixo custo, lembrou a diretora da organização colombiana, Marta Lucía Ramírez.

‘Queremos convidar o presidente Juan Manuel Santos e seu Governo a apoiar a iniciativa dos brasileiros que, da mesma forma que nós, estão vendo como importações baratas que substituem a produção nacional, provenientes principalmente da China, estão destruindo sua estrutura industrial’, afirmou Marta.

A diretora disse ainda que acredita que a OMC pode se transformar num ‘importante mecanismo de defesa, não de protecionismo, para toda a América Latina’.

‘Colômbia deve promover a revisão e atualização de instrumentos que corrijam este dumping fiscal’, continuou Marta, que já foi ministra de Comércio e Defesa e também ocupou uma cadeira no Congresso.

A Coalizão para a Promoção da Indústria Colombiana foi criada em março de 2011 e agrupa mais de quarenta representantes dos setores produtivos do país. EFE