Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sentença anula licenças ambientais e paralisa obras do Comperj, da Petrobras

Estatal disse que foi informada ontem da decisão que interrompe a construção de seu maior projeto, no município de Itaboraí

A Petrobras informa que foi intimada, no início da noite de terça-feira, de sentença que anula as licenças ambientais emitidas pelo órgão ambiental estadual para as obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Com isso, as obras serão imediatamente paralisadas.

“A Petrobras informa ainda que está avaliando as medidas cabíveis”, diz em nota. A central petroquímica do Comperj está sendo construída no município de Itaboraí (RJ).

O Comperj é o maior projeto da Petrobras, trata-se de um complexo industrial onde serão produzidos derivados de petróleo e produtos petroquímicos. A implantação do Comperj faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Leia também:

Petrobras muda estratégia e atua em parceria em leilão

Petrobras diz que ainda não vendeu ativos na Argentina

Petrobras capta cifra recorde de US$ 11 bilhões em bônus

(com Estadão Conteúdo)