Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Senado argentino aprova lei sobre o BC

Por juan mabromata 22 mar 2012, 07h12

O Senado argentino aprovou na madrugada desta quinta-feira um projeto de lei já adotado pela Câmara dos Deputados que dá mais poder regulador ao Banco Central, além de autorizar a instituição a aumentar os empréstimos ao Estado para financiar pagamentos da dívida.

A iniciativa estimulada pela presidente Cristina Kirchner foi aprovada com 42 votos a favor, 19 contrários e duas abstenções.

“Com esta reforma, a autoridade monetária poderá orientar o destino dos créditos ao desenvolvimento da economia real. E poderá utilizar divisas para cumprir compromissos de pagamento sem recorrer ao financiamento externo”, afirmou o senador governista Ruperto Godoy.

A presidente da comissão de Economia do Senado, Laura Montero, do bloco União Cívica Radical (UCR, oposição), questionou a lei, por considerar que permite ao Banco Central “assistir ao Tesouro sem nenhum tipo de limite”.

Continua após a publicidade

Publicidade