Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Senado aprova aumento da participação brasileira no FMI

País passa a deter 2,316% das cotas totais do Fundo Monetário Internacional e assume a 10ª posição no ranking dos que mais contribuem

O Senado aprovou nesta terça-feira acordo que aumenta a cota de participação do Brasil no Fundo Monetário Internacional (FMI).

O aumento da participação nacional já havia sido aprovada pelo Fundo em dezembro de 2010, mas é necessário que a mudança seja incorporada à legislação do país.

Em 6 de dezembro, a Câmara dos Deputados também aprovou o acordo.

Pelo texto aprovado nesta terça no Senado, o Brasil passa da 14ª para a 10ª posição no ranking do FMI, e passa a deter 2,316% das cotas totais do Fundo.

As economias emergentes têm pressionado e conquistado mais espaço no FMI ao longo dos últimos anos.

(com Reuters)