Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Selinhos viram febre e supermercados reforçam promoções

Especialista diz que certeza de ganho - basta juntar para trocar - é um dos motivos que explica sucesso desse tipo de promoção

As campanhas de troca de selinhos de supermercados viraram febre entre consumidores. Juntas, as redes Carrefour, Extra e Pão de Açúcar distribuíram 2,3 milhões de brindes nas campanhas deste ano. O sucesso foi tanto que o Extra prorrogou a promoção iniciada em abril até 19 de agosto. As campanhas do Carrefour e Pão de Açúcar foram finalizadas em julho após a distribuição de 153 milhões de selos aos clientes das duas marcas varejistas.

A febre dos selinhos pode ser explicada pela simplicidade da operação. Basta comprar um determinado valor para ganhar um selinho. A partir de uma determinada quantidade de selos acumulados é possível trocar por um produto. Outro motivo é que esse tipo de promoção não depende de sorte, como em sorteios.

“Esse tipo de promoção caiu no gosto do consumidor porque existe a certeza da premiação. O cliente sabe que basta colecionar para ganhar o brinde. A possibilidade de ganho é efetiva”, afirma Fátima Merlin, CEO da Connect Shopper, consultoria especializada no comportamento de compra do consumidor.

Segundo ela, promoções como essas acabam incentivando os consumidores a gastarem mais, além de concentrar as compras na mesma rede supermercadista. “O valor do gasto médio de quem participou da campanha chega a ser 40% maior do que dos clientes que não participaram.”

A troca de selinhos acabou mobilizando grupos de amigos e parentes nas redes sociais. Às vésperas do encerramento das promoções do Carrefour e Pão de Açúcar, era comum aparecer postagens de pedidos de doação de selinhos. Foi dessa forma que a produtora cultural Rachel Coelho, 35, conseguiu completar sua terceira cartela de selos do Carrefour.

“No último mês, acabei comprando um pouco a mais na tentativa de completar a cartela antes do fim da promoção, mas o que salvou mesmo foi a doação de selos que recebi de duas amigas. Com as doações, consegui completar a cartela e pegar o prêmio no último dia”, conta a empresária.

Na opinião de Rachel, esse tipo de promoção gera um sentimento de compensação. “Normalmente, a gente gasta sem ganhar nada e quando vem um mimo assim dá um carinho na alma e no bolso”, afirmou.

A promoção do Carrefour distribuiu 68 milhões de selos que puderam ser trocados por refratários da marca MasterChef. No Extra, os 183 milhões de selo se transformaram em 900 mil facas. No Pão de Açúcar, foram distribuídos 85 milhões de selos que foram trocados por panelas importadas Fontignac.

Pão de Açúcar traz pela primeira vez ao país o projeto Jamie’s Garden

Pão de Açúcar traz pela primeira vez ao país o projeto Jamie’s Garden (//Divulgação)

Grandes redes já programam novas edições das campanhas de troca. O Pão de Açúcar lança nesta quinta-feira, 2, o projeto de horta saudável de Jamie Oliver. O Jamie’s Garden é formado por um livro ilustrado com informações sobre frutas, legumes e verduras, que será vendido por 6,99 reais em todas as lojas do Pão de Açúcar. A cada 35 reais em compras, o cliente ganhará um pacote com quatro figurinhas para serem coladas no livro-álbum e um escudo. Com quatro escudos e mais 6,99 reais será possível trocar por pelúcias dos personagens Pera, Laranja, Brócolis, Tomate e Banana. Também haverá a distribuição de kits estufa, por 9,99. Cada kit contém terra e sementes para iniciar o cultivo da própria horta.

A próxima campanha do Extra começa em setembro. Silvana Balbo, diretora de Marketing do Carrefour Brasil, diz que a rede deve continuar com esse tipo de promoção, já que é patrocinadora do programa MasterChef.