Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Scania cortará 15% de sua produção mundial em janeiro

Por Gustavo Nicoletta

Estocolmo – A fabricante de caminhões Scania informou que cortará em 15% a produção mundial, a partir de janeiro, afirmando que houve uma desaceleração na demanda por seus produtos. As fábricas afetadas estão localizadas na Europa e na América Latina, segundo a companhia.

Em novembro, a Scania já havia feito uma redução de aproximadamente 15% em sua produção mundial, deixando de renovar os contratos de 900 dos 1.400 funcionários temporários que trabalhavam em unidades da Europa. A decisão anunciada hoje afetará a maioria dos funcionários temporários que restaram na Europa e cerca de 700 trabalhadores na América Latina.

“O desaquecimento na Europa e no Oriente Médio continuou. Além disso, também estamos vendo uma taxa menor de encomendas de outros mercados”, afirmou Martin Lundstedt, vice-presidente executivo de vendas e marketing da Scania no comunicado.

No documento, a companhia também cita incertezas sobre a tendência do mercado no Brasil no primeiro semestre de 2012 “à luz da transição para a nova legislação Euro 5 (que regula a emissão de poluentes na União Europeia) e da tendência de demanda mundial por produtos agrícolas e outras commodities”. As informações são da Dow Jones.