Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santander reduz taxas de juros e de administração

Por AE

São Paulo – O Santander anunciou um realinhamento das taxas praticadas em seus produtos para os clientes que optarem pela Conta Light e recebem seu salário no Banco, via Folha de Pagamento ou Portabilidade, a partir de 21 de maio. As taxas de juros para este público serão reduzidas da seguinte forma: no crédito pessoal cairão de um intervalo de 1,99% a 6,97% ao mês para 1,99% a 4,90% ao mês; no cheque especial a taxa será reduzida de um intervalo de 4,00 % a 8,00% mensais para níveis entre 3,50% a 4,90% ao mês, e, ainda, na categoria de cheque especial, as taxas do parcelamento do saldo devedor sairão de 4,99% para até 4,00% ao mês.

Segundo o banco, para esses mesmos clientes, também serão feitas mudanças nas taxas praticadas no cartão de crédito. No crédito rotativo, a taxa sai de 14,49% ao mês para um intervalo entre 3,95% a 9,90% mensais. Os juros para o parcelamento da fatura caem de 10,89% para níveis entre 1,99% a 4,99% ao mês. Já as taxas do parcelado com juros serão reduzidas de 7,99% ao mês para um intervalo de 0,90% a 3,90% mensais.

Em financiamentos de veículos, as taxas recuam de um intervalo entre 1,36% a 2,61% ao mês para níveis entre 0,98% a 2,45% ao mês.

O banco também informou corte nas taxas de administração de três fundos de investimentos. A taxa do Extra Plus DI cairá de 3,00% para 2,00% ao ano. Já a do Fundo Recompensa Max sai de 1,90% para 1,00% ao ano. E a taxa do Fundo Liquidez Simples irá de 3,00% para 2,50% anuais. O banco também reduziu o valor para aplicação mínima de quatro outros fundos de investimentos. Nos fundos Sênior DI, Supremo DI, Sênior RF a aplicação mínima cai de R$ 1.000,00 para R$ 100,00. Já no fundo TOP RF a aplicação mínima sai de R$ 100,00 para R$ 1,00.

No segmento de Pequenas e Médias Empresas, o banco promoveu uma redução nas taxas mínimas de juros praticadas nas seguintes operações de empréstimos – cheque especial: a partir de 1,99%; capital de giro: a partir de 1,20% e antecipação e desconto de recebíveis: a partir de 0,99%.

“As medidas mostram o compromisso do Santander de buscar alternativas inovadoras para oferecer soluções que atendam as necessidades do cliente, seja pessoa física ou jurídica. É uma forma de estimular o crescimento do país”, diz o presidente do Santander Brasil, Marcial Portela, em nota à imprensa.

O Santander lembra que, no segmento pessoa física, lançou em abril a Conta Light, com juros no cheque especial a partir de 4% ao mês. Já para pessoa jurídica, o Banco lançou no mesmo mês o Atendimento Unificado, que concentra no mesmo gerente o atendimento à empresa, ao seu sócio e ainda oferece produtos de financiamento com juros menores.