Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santander corta juros para pessoa física

Benefício se aplicará apenas para correntistas que receberem o salário pelo banco

O Santander oferece a partir de sexta-feira uma nova modalidade de conta-corrente com taxa diferenciada para o cheque especial. Os juros começam em 4% ao mês para os clientes que utilizarem até 25% do seu limite; 6% para aqueles que utilizarem entre 25,01% e 50% e de 8% para quem usar acima de 50,01% do limite. A intenção do banco é estimular o uso consciente do crédito: quanto menor o uso, menores serão as taxas. O benefício das taxas será aplicável aos clientes que optarem pela conta Light, contratarem o cartão de crédito internacional e receberem o salário por meio da instituição.

“Nossa proposta é que os clientes tenham mais uma oportunidade de escolha e façam a melhor opção de acordo com as suas necessidades, sempre com a premissa de uso consciente do crédito. Assim, a conta Light beneficia aqueles que usam pouco o cheque especial, apenas para uma eventualidade ou imprevisto”, diz o vice-presidente Executivo Comercial do Santander Brasil, Pedro Coutinho, em comunicado.

Pequenas e Médias Empresas – O Santander já havia anunciado ona segunda-feira um novo modelo de atendimento a empresas com faturamento anual de até 1 milhão de reais, que reúne em um mesmo gerente o atendimento à empresa e à conta pessoal do sócio. Com esse formato, a intenção do banco é ter uma visão mais completa da vida financeira do cliente e, por outro lado, ter uma gestão mais eficiente do risco.

O banco também reduziu taxas para operações financeiras a clientes desse segmento que possuam conta-corrente em pessoa física e jurídica no Santander, além da máquina de captura de transações de cartões.

Os benefícios incluem redução de até 100% nos pacotes de serviços da conta PJ e no aluguel da maquininha, além de 50% nos pacotes de serviços Van Gogh e Especial. Os empresários ainda podem antecipar seus recebíveis na própria máquina Santander, com taxas de 1,5% a 2% ao mês, conforme o faturamento na maquininha – sem cobrança de TAC (Tarifa de Abertura de Crédito).

Leia mais:

Após baixar juros, Caixa concede 17% mais crédito para pessoas físicas

Bradesco reduz juros para pessoas físicas e jurídicas