Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santander Brasil faz acordo para operações com GetNet

A ação permitirá que o banco espanhol acelere o crescimento de sua participação no mercado brasileiro de adquirência, responsável pelo credenciamento de lojistas

O Santander Brasil firmou nesta segunda-feira um acordo para a aquisição das operações de credenciamento, captura e processamento de pagamentos com cartões da GetNet. O banco espanhol já detinha parceria operacional no segmento, por meio de uma joint venture – a Santander GetNet Serviços para Meios de Pagamento (SGS), responsável por uma rede de POS (Point of Sale, na sigla em inglês), as máquinas que capturam as transações com cartões de crédito e débito.

A aquisição das operações com a GetNet permitirá ao banco acelerar o crescimento de sua participação no mercado brasileiro de adquirência, responsável pelo credenciamento de lojistas. Além disso, ao incorporar este negócio, o Santander pretende expandir sua atuação neste segmento para grandes varejistas. A GetNet tinha uma atuação mais voltada para os pequenos e médios comércios. “Com esta operação, o Santander reforça o seu compromisso de investimento no Brasil. Este é mais um passo importante do banco para ampliar sua participação local neste segmento. Em 2010, ao anunciar nossa parceria com a GetNet, provamos estar dispostos a entrar na disputa deste mercado. Com o novo investimento, temos como objetivo ampliar a nossa presença, com inovação e tecnologia”, avalia Conrado Engel, vice-presidente executivo sênior de Varejo do Santander Brasil, em nota à imprensa.

Leia ainda: Santander investirá US$ 20 bi em pequenas e médias empresas na América Latina

No memorando de entendimento, assinado entre o Santander e a GetNet, está prevista a aquisição das atividades de captura e processamento das operações de adquirência, as operações de aluguel de POS já desenvolvidas pela SGS, e as operações verticais da GetNet no segmento de cartões. Na prática, uma nova estrutura será criada pelo Santander para a atuação no mercado de adquirência, na qual os acionistas minoritários da GetNet permanecerão com participação minoritária na composição societária a ser organizada.

Ao incorporar a estrutura da GetNet, o Santander segue o caminho já trilhado pelo concorrente Itaú Unibanco, que no ano passado fechou o capital da Redecard em busca de mais agilidade e resultados no segmento de adquirência. Até o primeiro trimestre de 2013, o market share do banco espanhol neste setor era de 4,8% – resultado de uma alta de 78% no volume de operações de crédito e 84% no volume de operações de débito ante mesmo período do ano passado. Os POS do Santander estão presentes em mais de 400 mil estabelecimentos comerciais.

A conclusão da aquisição das operações da GetNet pelo Santander está condicionada à assinatura dos contratos definitivos e à obtenção das autorizações societárias e regulatórias. Procurado, o banco informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que vai se limitar ao comunicado uma vez que já está em período de silêncio por conta da divulgação de resultados do segundo trimestre. O Santander anuncia seus números dia 30 de julho, antes do início do pregão da Bovespa.

Leia também:

Reclamações contra bancos aumentam 169% em 12 meses

Lucro do Santander Brasil despenca 29,6% no 1º trimestre

(com Estadão Conteúdo)