Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Saldo da balança comercial até outubro é o melhor desde 1989

Superávit histórico deveu-se principalmente à alta do dólar no início do ano, que elevou as receitas com as exportações

O Brasil encerrou o mês de outubro com um saldo da balança comercial (diferença entre exportações e importações) acumulado no ano de 38,52 bilhões de dólares. Esse é o maior saldo positivo do comércio exterior brasileiro desde 1989, quando começa a série histórica do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Em outubro, o superávit comercial foi de 2,34 bilhões de dólares de dólares em outubro, melhor desempenho para o mês desde 2011, quando fechou em 2,36 bilhões de dólares. O resultado ocorreu com exportações de 13,72 bilhões de dólares e importações de 11,37 bilhões de dólares.

O saldo registrado em outubro ficou um pouco abaixo do que previam analistas. Em pesquisa da agência Reuters, a média das expectativas era de superávit de 2,70 bilhões de dólares.

O superávit histórico não se deveu a uma eventual recuperação da economia – o que não é o caso no momento, já que o Produto Interno Bruto (PIB) do país deve encolher mais de 3% em 2016 -, e sim à alta do dólar ocorrida no primeiro semestre. A moeda americana mais cara estimula exportações: mesmo sem aumentar os volumes, o dólar caro eleva a receita de quem vende ao exterior.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Esse e um dado totalmente inútil. Diz apenas que o Brasil teve que mandar muita coisa a preços baratos para comprar muito pouco a preços caros. Nossas exportações tem pouco valor agregado. Ate nossos aviões tem basicamente tecnologia americana. O Brasil não inventa nada, ainda estamos no tempo das colônias que exportavam matéria primas para abastecer os impérios. O Brasil não mudou em 500 anos.

    Curtir