Clique e assine a partir de 9,90/mês

Saiba qual o peso dos impostos nos produtos de Páscoa

Ao comprar um ovo de chocolate de 40 reais, o consumidor está pagando 15,40 reais em tributos (38,53% do valor total)

Por Da redação - 20 mar 2018, 13h12

A Páscoa deste ano será amarga para o bolso do consumidor, que pode acabar pagando até 69,73% de impostos nos produtos da época, segundo pesquisa encomendada pela Associação Comercial de São Paulo para o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

O produto com maior incidência de impostos é o vinho importado (69,73%), seguido pelo vinho nacional (54,73%) e bacalhau importado (43,78%). Esses itens costumam aparecer com frequência no cardápio da Sexta-Feira Santa.

Os chocolates também sofrem com o peso dos impostos. Ao comprar um ovo de chocolate de 40 reais, por exemplo, o consumidor estará pagando 15,40 reais em tributos (38,53% do valor total).

O chocolate (39,61%), colomba pascal (38,68%) e o bombom (37,61%) são outros produtos que vão pesar na hora da compra. Os que optarem por almoçar fora de casa durante a Páscoa vão pagar 32,31% em impostos.

Continua após a publicidade

Segundo a pesquisa, o produto com menos incidência de impostos é o coelho de pelúcia, com 29,92% sob o valor total.

Publicidade