Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Rússia encontra carne de cavalo em salsichas importadas da Áustria

Autoridades russas ainda não identificaram o fabricante. Salsicha também continha carne de frango e soja

Por Da Redação 27 fev 2013, 14h25

As autoridades russas detectaram carne de cavalo em salsichas importadas da Áustria e comercializadas em Moscou, anunciou nesta quarta-feira Sergei Dankvert, diretor do Serviço Veterinário da Rússia. Dankvert explicou à agência de notícias Interfax que rastros de DNA de cavalo foram detectados por especialistas do Instituto Estatal de Controle Científico da Rússia.

“Seu aspecto não despertava suspeitas e os papéis estavam de acordo com as regulamentações, mas como o produto tinha origem europeia, foi feita a análise”, disse. As autoridades sanitárias russas ainda não conseguiram averiguar concretamente qual é o fabricante para retirar o produto do mercado. O órgão acrescentou que indícios de carne de frango e soja também foram encontrados.

As autoridades veterinárias consideram que a origem do atual escândalo da venda de carne de cavalo está na ausência de um mecanismo de controle de matéria-prima utilizada para elaborar produtos derivados de carne. Em Moscou há vários restaurantes uzbeques e cazaques que oferecem pratos e embutidos elaborados com carne de cavalo que são muito populares em alguns países da Ásia Central.

Até agora, a adulteração de produtos feitos de carne bovina e suína com vestígios de carne de cavalo atingiram, além da Rússia, Grã-Bretanha, Irlanda, Escócia, França, Itália, Espanha, Alemanha e Noruega.

Leia também:

Carne de cavalo será doada aos pobres

Fraude alimentar deixa consumidores de mãos atadas

Escândalo da carne de cavalo atinge Nestlé e JBS

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade