Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Rublo se recupera após fala de ministro das Finanças

Anton Siluanov confirmou que governo vendeu divisas externas para sustentar a moeda russa e que estabilidade cambial virá em 2015

Por Da Redação 19 dez 2014, 09h45

O rublo russo registra valorização nesta sexta-feira, após o ministro das Finanças, Anton Siluanov, confirmar que sua pasta vendeu divisas externas para sustentar a moeda. Nesta manhã, o rublo chegou a ter alta de 2,7% contra o dólar, a 60,0265 rublos por dólar e de 2,6% sobre o euro, a 73,8 rublos por euro.

Nesta semana, o ministério disse que estava pronto para vender até 7 bilhões de dólares para estabilizar o rublo, após o banco central elevar juros em 6,5 pontos porcentuais, para 17%, e, mesmo assim, não conter a desvalorização cambial.

Leia mais:

Putin diz que Rússia pode demorar dois anos para sair da crise

Crise na Rússia: o que está em jogo e como o Brasil pode ser afetado

Continua após a publicidade

O impacto geopolítico da queda do preço do petróleo

A recuperação do rublo contrasta com as fortes vendas vistas nesta semana, quando a moeda chegou a cair cerca de 20% contra o dólar durante uma única sessão, ameaçando a relativa estabilidade financeira sobre a qual o presidente Vladimir Putin construiu sua popularidade.

Os esforços do governo para pressionar os exportadores a não acumular suas receitas cambiais são vistos como outro sinal positivo para a moeda russa, que acumula queda de cerca de 45% contra a moeda norte-americana neste ano.

Siluanov disse nesta sexta-feira que o rublo vai se firmar no início do próximo ano. Suas declarações são consideradas parte dos esforços do governo para elevar a moeda russa. O banco central já gastou mais de 80 bilhões de dólares até agora neste ano para defender a moeda em meio ao colapso dos preços do petróleo e sanções do Ocidente devido à Ucrânia.

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade