Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Romney pede ‘medidas drásticas’ para economia americana

Por Da Redação 5 ago 2012, 13h27

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, disse que a economia norte-americana precisa de medidas “drásticas” para se recuperar de uma profunda recessão, e não de outro pacote de estímulo federal.

“Posso garantir que agora é tempo de fazer algo drástico e não de aumentar o peso do governo”, disse o multimilionário ex-empresário em uma entrevista divulgada neste domingo pela rede CNN.

Romney, que enfrentará o presidente Barack Obama nas eleições de 6 de novembro, disse que apoiava a geração de “incentivos e oportunidades” para as grandes e pequenas empresas para criar emprego.

O ex-governador de Massachussets defende a redução de impostos às pessoas e às empresas, o corte dos gastos estatais e a diminuição das regulações às companhias de energia para ajudar na conquista da independência energética dos Estados Unidos em 2020.

O candidato previu que seu plano econômico permitirá criar 12 milhões de novos postos de trabalho durante seu eventual mandato e declarou à CNN que seu projeto será parte do “processo normal” da economia.

Continua após a publicidade

Publicidade