Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio Grande do Sul terá US$ 480 milhões do Banco Mundial

Empréstimo será destinado à manutenção de rodovias, reforma de escolas, investimentos em projetos de tecnologia e melhoria da gestão do estado

O governo do Rio Grande do Sul assinou, na manhã desta terça-feira, em Brasília, contrato com o Banco Mundial (Bird) para um financiamento de 480 milhões de dólares. A solenidade teve a presença do governador Tarso Genro (PT) e da diretora do Bird para o Brasil, Deborah L. Wetzel. Os recursos serão destinados à manutenção de rodovias estaduais, reforma de escolas, investimentos em projetos de tecnologia e melhoria da gestão do estado.

A primeira parcela é de 91 milhões de dólares para o período 2012-2013, dos quais 30 milhões de dólares devem ser liberados ainda neste mês, segundo o governo do estado. Serão 30 anos para pagamento, com carência de quatro anos. A taxa de juros é variável, baseada na cotação do dólar e no spread do banco. O site do Banco Mundial indica que, pelo projeto contratado, haverá a liberação de recursos até 2017.

Tarso Genro informou que o estado foi autorizado pelo Tesouro Nacional a ampliar as contratações de investimentos em R$ 785 milhões. “Era o que cabia no nosso espaço fiscal. Era o valor que estava faltando para cobrir o nosso plano de investimentos no setor rodoviário”, disse o governador, ao chegar ao Ministério da Fazenda. Ele assinará, como Tesouro, uma renegociação no Plano de Ajuste Fiscal (PAF), permitindo mais espaço para gastos em investimento.

“Estamos encerrando o ciclo de contratações para investimentos em infraestrutura”, disse. O governador gaúcho afirmou que para este ano já está encerrado o espaço fiscal do Estado, que tem R$ 6 bilhões em investimentos contratados. Minas Gerais e Goiás também devem receber nesta terça-feira autorização do Tesouro para contratar novos financiamentos para obras de infraestrutura.

Leia mais:

Governo amplia limite de endividamento dos estados

(Com Agência Estado)